Notícias do mercado imobiliário

SPC E SERASA LIMPAM NOME EM 5 ANOS? Saiba mais!

SPC e Serasa são obrigados a excluir negativação de inadimplentes depois de 5 anos?


É de conhecimento geral que dívidas vencidas acabam sendo incluídas nos órgãos de proteção ao crédito SPC e Serasa depois de um tempo. As restrições impostas em razão dos atrasos no pagamento acabam se tornando verdadeiras barreiras para quem deseja solicitar financiamentos, empréstimoscartão de crédito, etc.

Confira a seguir o que acontece quando uma pessoa possui dívidas a longo prazo, além de algumas dicas para regularizar a saúde financeira.

SPC e Serasa podem negativar consumidor depois de 5 anos?

Quando a dívida atinge cinco anos de existência, o nome do consumidor não fica mais visível nas listas de restrições. Elas continuam sendo cobradas, mas por ações jurídicas. Dessa forma, prescrição não significa extinção de dívida, mas sim um prazo para que o credor ajuíze ação a cobrança contra o consumidor judicialmente.

Em alguns casos, a inadimplência, isto é, o não pagamento de uma conta ou dívida, pode prescrever crime. Assim, é importante estar atento quanto essas questões e evitar ao máximo para que não chegue neste nível. Lembrando que o nome só deixa de constar para a dívida que venceu dentro do prazo de cinco anos.

Caso o devedor tenha outros débitos com tempo menor de inadimplência, o cadastro negativo ainda estará visível.

Regularize sua situação financeira

Existem diversas formas de normalizar a vida financeira e viver sem muitas preocupações envolvendo o dinheiro. Uma delas é regularizar o fluxo da receita, para que assim seja traçada a estratégia ideal para quitar as dívidas e ter o nome limpo de uma vez por todas.

Especialistas recomendam separar 10% da renda com esse intuito e buscar o auxílio de serviços que oferecem apoio ao inadimplente. Como no caso da plataforma Serasa Limpa Nome, que dispõe de oportunidades exclusivas na quitação de dívidas com diversas empresas. Os descontos podem chegar até 90% do valor e, em alguns casos, as parcelas variam entre R$ 50,00 e R$ 100,00.

05/08/2020 Fonte: https://editalconcursosbrasil.com.br/noticias/2020